Ilustração montar uma distribuidora

7 dicas de como montar uma distribuidora de sucesso.

Independentemente dos produtos que você vende, muito do que é necessário para montar uma distribuidora que venda no atacado e seja bem-sucedida é o mesmo entre os setores. Desde a contratação e gerenciamento de fluxo de caixa, até o planejamento de vendas e estoque, aqui estão algumas dicas para ter sucesso na sua empresa.

1. Contrate as pessoas certas.

Embora possa parecer uma dica óbvia, muitas empresas que atuam como distribuidora, falham em colocar esforços suficiente no processo de contratação. As decisões de contratação são algumas das decisões mais importantes que você já tomou para seus negócios.

Certifique-se de que você está avaliando adequadamente cada nova posição e analisando cada candidato em relação a essa referência.

Além disso, evite perguntas gerais que “orientem” o candidato para a resposta correta e, em vez disso, se concentre em questões comportamentais usando frases como “Pense em uma situação em que…”. Isso dará uma ideia mais clara de como o candidato lidará com determinadas situações.

Para saber mais sobre a como montar sua equipe de vendas, confira este artigo.

2. Pare de tirar e gerenciar pedidos manualmente.

De acordo com uma pesquisa recente, a ineficiência no controle de pedidos foram citadas como o principal desafio da gestão de pedidos entre empresas distribuidora e atacadistas.

Muitos distribuidores ainda estão recebendo seus pedidos de forma pouco eficiente como formulários em papel, talões de pedidos e planilhas em Excel.

Alguns distribuidores deram alguns passos no sentido de usar a tecnologia recebendo pedidos por e-mail e Whatsapp, mas esses métodos também não são os melhores pois dificultam a eficiência e gestão assim como no papel.

Com a difusão da tecnologia móvel em nossas vidas, muitas distribuidoras estão aproveitando a tecnologia e inteligência artificial para gestão e automação de pedidos, dando aos representantes de vendas acesso a informações de clientes, catálogos de produtos e uma interface para controle diretamente no smartphone, tablet ou computador.

3. Controle seu inventário.

Você não pode administrar uma distribuidora B2B lucrativa, se não souber lidar com o gerenciamento de inventário. Algumas empresas têm um sistema de manutenção de níveis mínimos de estoque em seus armazéns, reabastecendo com novo estoque quando os níveis atingem o mínimo.

Outros mantêm estoque de segurança em determinados produtos para proteger contra picos repentinos de demanda, enquanto outros utilizam uma estratégia de inventário “Just in Time”, entregando itens bem a tempo para fabricação / remessa.

Controlar o estoque de entrada / saída, fazer contagens físicas regulares e coordenar os níveis de estoque com a flutuação da demanda são fatores essenciais para decidir quais estratégias de gerenciamento de estoque são adequadas para os seus negócios.

4. Dê aos seus representantes de vendas o que eles precisam para ter sucesso.

Seus representantes de vendas têm todas as informações necessárias para fechar uma venda?

Os atacadistas, fabricantes e distribuidores com visão de futuro entendem que, para realizar vendas hoje em dia, os representantes comerciais precisam agregar valor nas suas abordagens de vendas, e não apenas anotar e tirar um novo pedido.

As distribuidoras bem-sucedidas estão ajudando seus representantes de vendas com fácil acesso as informações, como histórico de pedidos, itens mais vendidos e ferramentas de analise de consumo personalizada para cada cliente.

Eles também estão fornecendo catálogos digitais online específicos por cliente, para que os representantes não precisem perder tempo memorizando dados ou procurando preços. Em vez disso, eles podem se concentrar no que realmente estão lá para fazer: vender.

5. Diferencie o serviço ao cliente, não o preço.

Hoje, todos os distribuidores atacadistas estão operando em um mercado incrivelmente competitivo.

Muitos tentam diferenciar suas marcas no preço, na esperança de que preços mais baixos (e margens) levem a um maior volume de vendas. Essa abordagem, no entanto, não é uma estratégia eficaz para o crescimento a longo prazo.

Em vez disso, as empresas que podem diferenciar suas marcas fornecendo um ótimo serviço ao cliente estão vendo retornos. Pense em como você pode criar uma experiência moderna e conveniente para seus clientes. Como você pode atender pedidos mais rapidamente e substituir a atividade transacional por valor estratégico?

6. Mantenha seu fluxo de caixa sob controle.

O fluxo de caixa é a força vital para qualquer distribuidora por atacado. Um dos maiores erros que um distribuidor atacadista pode cometer é fornecer uma extensão excessiva de crédito a seus clientes. Evite dobrar as demandas por prazos estendidos de pagamento e seja diligente na coleta de recebíveis. Aceite cartões de crédito, fature / seja pago on-line e terceirize a cobrança, se necessário.

Também é importante manter-se ciente de seu status financeiro a qualquer momento. Produza relatórios regulares que incluem informações como disponibilidade de caixa, vendas diárias / semanais / acumuladas no ano, contas a pagar, inventário principal, itens com as melhores / piores vendas, etc.

 7. Invista em automação de pedidos agora.

Este é extremamente importante. De acordo com um relatório recente divulgado pela gigante de consultoria em TI Accenture, 86% das principais empresas B2B pesquisadas já estão oferecendo a seus clientes a opção de fazer pedidos on-line. Apenas 14% não estão.

À medida que os clientes se acostumam com a conveniência de fazer pedidos on-line no seu dia-dia, essas mesmas expectativas aumentam em suas vidas profissionais.

As empresas que são capazes de implementar estratégias omnichannel (permitindo que os clientes façam pedidos pelo representante, na Web ou em um dispositivo móvel) já estão recebendo retornos.

Quem não der esses passos será deixado para trás.

Conclusão

Para ter sucesso, os distribuidores atacadistas atuais devem digitalizar os processos de gestão e envio de pedidos para aumentar a eficiência.

Se você estiver vendendo por vários canais, como vendedores em campo ou um portal de comércio eletrônico B2B, consolide esses pedidos para obter atendimento e gestão mais eficientes.

No final do dia, o que fará com que você seja bem-sucedido como distribuidor atacadista será sua capacidade de estabelecer relacionamentos fortes e duradouros com seus clientes.

Ao priorizar o atendimento online para os seus clientes, agregar valor durante as abordagens de vendas e tornar o atendimento digital e mais rápido, você estará pronto para criar uma longa e sólida lista de clientes recorrentes.

Compartilhe nas suas redes sociais
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Falta pouco para você se tornar um parceiro UPlaces!

Informe os dados abaixo para que possamos entender melhor o seu ramo de atuação e possibilidade de se tornar nosso parceiro.