E-commerce B2B para indústrias e distribuidores

Guia completo do E-commerce B2B para indústrias e distribuidores

Saiba como começar um e-commerce B2B do zero e entenda os benefícios que ele pode trazer para o seu negócio 

Especialmente nos últimos dois anos, vender produtos online também passou a ser uma necessidade para indústrias e distribuidores, fazendo com que os números do e-commerce B2B disparassem.

Para se ter uma ideia, somente em 2020, essa modalidade de vendas apresentou um crescimento de 73,88% e a expectativa é de que, em 2022, o valor bruto do e-commerce B2B chegue a US$ 22.172 trilhões.

As estatísticas não nos deixam mentir: essa é uma tendência que veio para ficar. Por isso, é fundamental que ela esteja no radar das empresas B2B que desejam crescer no mercado.

Se você ainda tem dúvidas sobre esse, que é um dos modelos de negócio mais versáteis da atualidade, chegou o momento de se atualizar.

A partir de agora, vamos contar tudo o que você precisa saber sobre e-commerce B2B, incluindo os caminhos das pedras para que sua empresa comece a vender pela internet o quanto antes e obtenha ainda mais sucesso.

Boa leitura! 🙂

E-commerce B2B
Divulgação: Banco de Imagens Freepik.

1. O que é e-commerce?

Antes de falarmos especificamente sobre o e-commerce B2B, é importante que você saiba o que é essa modalidade de negócio. Por isso, vamos começar respondendo a essa pergunta, ok?

E-commerce é um termo em inglês que, ao ser traduzido para o português, significa comércio eletrônico e abrange todo processo de compras que é feito online, seja por meio de computadores, smartphones ou tablets.

Ou seja: todo o contato é feito por meio do digital, indo desde a escolha do produto até a finalização do pagamento.  

Ao permitir que as compras sejam feitas sem que o consumidor precise se deslocar até a loja ou empresa é um dos grandes fortes do e-commerce. 

Não por acaso, a modalidade já conquistou o coração de muita gente: estima-se que, atualmente, a compra online já é uma preferência de 74% dos consumidores brasileiros.

A dinâmica por trás do e-commerce é fácil: basta que o cliente acesse o canal de vendas (que pode ser uma loja virtual criada pelo vendedor ou até mesmo um Marketplace) de qualquer lugar que estiver, adicione os produtos desejados ao carrinho e clique em “finalizar o pedido”.

Na sequência, será preciso preencher dados como nome completo, e-mail e endereço de entrega, bem como escolher as melhores opções de frete e pagamento. A partir daí, basta concluir a operação e aguardar o processo de envio dos produtos.

Bem simples, né?

 

2.    O que é e-commerce B2B?

O e-commerce se divide em alguns tipos diferentes e é aí que entra o e-commerce B2B – sigla que vem do termo “Business to Bussiness” ou “Empresas para empresas”, em português.

Quando companhias que vendem diretamente para outras empresas comercializam seus produtos ou serviços por meio de um canal online específico, esse modelo de negócio se enquadra nesta categoria.

Portanto, o e-commerce B2B nada mais é do que a venda de bens ou serviços entre empresas por meio de um sistema de pedidos online.

Vale pontuar que, além do e-commerce B2B, há outra modalidade que também se destaca bastante no mercado: o e-commerce B2C.

A sigla B2C vem da palavra “Business to Consumer” ou, em português, “Empresa para Consumidor”. Ela se refere, portanto, a empresas que vendem produtos e serviços diretamente para o consumidor final, como supermercados e lojas de roupas.

Quando essa venda para pessoa física acontece por meio de uma plataforma online, por sua vez, isso é o que chamamos de ecommerce B2C.

 

3.    Quais as vantagens de ter um e-commerce B2B?

Agora que você já sabe o que é e-commerce B2B, chegou o momento de entender por que tantas indústrias e distribuidores têm apostado neste modelo de negócios.

Em primeiro lugar, essa adesão significativa tem uma relação direta com a mudança de comportamento do consumidor. Como comentamos anteriormente, mais da metade dos brasileiros já preferem comprar online, o que também é válido dentro do universo corporativo.

Essa preferência, diga-se de passagem, é um fato ainda mais consolidado entre a geração Y, que é composta por pessoas que nasceram entre os anos 80 e início dos anos 90 – ou seja, verdadeiros nativos digitais.

Essa informação é relevante, pois estima-se que mais de 70% da geração Y esteja envolvida no processo de compra B2B atualmente. Logo, para quem atua no mercado B2B, oferecer canais de vendas online é uma excelente forma de agradar esse público e conquistar novos clientes.

Mas não é só isso. Veja, abaixo, outras oportunidades que o e-commerce B2B pode proporcionar para a sua empresa e como ele pode ajudar sua equipe a vender mais:

 

3.1 Fim das barreiras geográficas 

Com a ajuda da web, você pode vender para pessoas de praticamente qualquer lugar. Afinal, não existe limite geográfico no virtual.

Isso significa que sua empresa pode aumentar o campo de atuação, comercializando produtos em locais/regiões onde a força de vendas normalmente não atua.

 

3.2 Atendimento 24h

Uma das grandes vantagens do e-commerce B2B, sem sombra de dúvidas, é a disponibilidade: na internet, sua loja fica ativa 24 horas por dia, sete dias por semana, sem que haja a necessidade de ter um vendedor disponível para atender os clientes em tempo real.

 

3.3 Gestão de vendas otimizada

Ao contar com um canal exclusivo para vendas online, todos os pedidos da sua empresa ficarão centralizados em um único local, facilitando a gestão de vendas e otimizando o tempo de toda a equipe, que não precisará mais se preocupar em ficar lançando pedidos ao final do dia.

 

3.4 Maior visibilidade do processo

Com o e-commerce B2B é possível monitorar e ter maior visibilidade de todas as etapas dos pedidos, a partir da venda até a entrega da mercadoria.

Vale lembrar que essas informações também ficam disponíveis para o cliente, reduzindo assim as interações por e-mail, telefone e whatsapp, a fim de consultar o status da compra.

 

3.5 Mais opções de pagamento

Os canais online também oferecem diversas possibilidades de pagamento, tanto para o vendedor quanto para o comprador. 

Essa gama de alternativas na hora de pagar ajuda a satisfazer até mesmo os clientes mais exigentes, ampliando as suas chances de fechar novos negócios. 

 

3.6 Clientes satisfeitos

Parte das vantagens proporcionadas pelo e-commerce B2B tem como objetivo entregar uma boa experiência de compras aos consumidores, além de mais autonomia e flexibilidade.

Por isso, essa modalidade de negócio também é sinônimo de clientes fidelizados, relações comerciais duradouras e maior volume de vendas.

 

3.7 Levantamento e análise de dados

Quando você possui uma boa plataforma de ecommerce B2B, fica muito mais fácil levantar informações relevantes para a sua estratégia de vendas.

Isso inclui dados sobre os produtos mais buscados, horários de picos de acessos, períodos do ano com maior movimento e muito mais.

A grande vantagem de contar com informações confiáveis sobre o comportamento de compra do consumidor é que isso facilita a tomada de decisões assertivas e a elaboração de novas estratégias.

É possível, por exemplo, fazer sugestões de pedidos e criar campanhas de Marketing específicas, considerando alguns aspectos como frequência de compras, produtos relacionados, estimativa de estoque e análise de consumo.

Os cupons de descontos e os preços diferenciados também são pontos que contam a favor da modalidade.

 

4. Como montar um e-commerce B2B?

Agora sim, chegamos ao momento mais esperado deste post: finalmente, vamos te explicar como começar um e-commerce B2B partindo do zero.

Anote o passo a passo: 

 

4.1 Escolha uma boa plataforma

Atualmente, não é preciso ser um expert em TI para implementar um canal de vendas online. Afinal, existem plataformas bastante completas e intuitivas para auxiliá-lo neste processo

É por esse motivo que, sem dúvidas, um dos primeiros passos para começar a vender produtos na internet com segurança é escolher uma boa plataforma.

Como dissemos, é possível encontrar diversas ferramentas voltadas para esse propósito no mercado, por meio das quais é possível cadastrar produtos, acompanhar pedidos, receber os pagamentos e muito mais.

No entanto, vale um lembrete: quando se trata de empresas B2B, a melhor alternativa é apostar em sistemas de pedidos online que foram desenvolvidos especificamente para atender às necessidades deste mercado e que contam com funcionalidades exclusivas.

Empresas como distribuidoras e indústrias, por exemplo, lidam com um grande volume de dados e precisam da solução certa para vencerem o desafio de atender de forma personalizada uma ampla carteira de clientes.

Com uma boa plataforma de ecommerce B2B em mãos, sua empresa poderá configurar políticas comerciais específicas por cliente, tabelas de preços, forma de pagamento, limite mínimo de pedido, descontos e muitas outras opções – tudo isso de maneira simples e intuitiva.

 

4.2 Capriche no catálogo de produtos

Após escolher a plataforma, você já poderá criar o seu catálogo de produtos online. Nesta hora, é importante caprichar bastante e buscar a melhor forma de apresentar as mercadorias da sua empresa.

Lembre-se que no online os clientes não podem pegar os produtos nas mãos e inspecioná-los. Por isso, as fotos – juntamente com a descrição detalhada – devem cumprir esse papel de apresentação da melhor forma possível.

Veja algumas ações que podem ajudar:

  • Separe os produtos por categorias, para que o cliente saiba exatamente aonde ir quando for procurar um tipo de produto;
  • Use imagens de qualidade dos produtos. No online, o apelo visual é um elemento fundamental;
  •  Construa descrições objetivas, que foque nos pontos mais relevantes dos seus produtos;
  • Redobre a atenção na hora de estabelecer os preços, a fim de evitar problemas futuros. 

 

4.3 Divulgue a plataforma

Assim que o seu catálogo estiver pronto, será o momento de colocar o e-commerce B2B para rodar. Ou seja: você já poderá avisar os clientes sobre o seu novo canal de vendas!

A divulgação da plataforma pode ser feita por diversos canais, como whatsapp, e-mail e redes sociais.

E atenção: toda a equipe de vendas deve estar muito bem preparada para tirar eventuais dúvidas que possam surgir quando os clientes começarem a acessar a plataforma. 

 

4.4 Explore o E-mail Marketing

Se você quer garantir o sucesso do seu e-commerce B2B, aí vai uma dica extra: não deixe de construir um canal de comunicação direto com o seu público-alvo.

Com a ajuda do e-mail Marketing, por exemplo, você pode divulgar ações promocionais da sua loja, enviar conteúdos relevantes e até mesmo educar leads a fim de gerar vendas futuramente.

A produção de conteúdo permite o compartilhamento de informações importantes que, aos poucos, são capazes de influenciar o poder de decisão das pessoas.

Lembrando que eles podem ser explorados não apenas no e-mail, mas também em outros canais, como em um Blog atrelado à sua loja ou nas redes sociais.

 

Conheça a plataforma de ecommerce B2B da Uplaces

Como dissemos anteriormente, a escolha de uma boa plataforma de ecommerce B2B é uma etapa crucial para quem deseja aproveitar todas as vantagens do comércio eletrônico.  

Neste contexto, o E-commerce B2B da Uplaces se destaca como uma ferramenta que foi desenvolvida para ajudar distribuidores e indústrias em quatro etapas principais da jornada de vendas B2B: aquisição de clientes, vendas online, ações de Marketing e acompanhamento de resultados.

Na prática, isso significa que além de permitir que os usuários criem catálogos de produtos online e vendam seus produtos pela internet, a Uplaces também oferece outras funcionalidades, como:

 

  • Cadastro e análise de clientes;
  • Disparo de e-mail marketing e lançamento de promoções;
  • Integração com outros sistemas, como o CRM e o EPR;
  • Indicação e recomendações de produtos baseados no comportamento de compra dos seus clientes;
  • Recepção e direcionamento de pedidos por carteira de vendedor e muito mais.

 

Com a plataforma da Uplaces, empresas destes segmentos podem promover seus produtos pela internet, além de venderem mais atuando em horários e lugares e horários em que a equipe comercial normalmente não atua. 

Para ver na prática como nossa plataforma funciona, solicite um teste grátis agora mesmo e veja como podemos ajudar o seu negócio crescer no digital! 

Compartilhe nas suas redes sociais
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Falta pouco para você se tornar um parceiro UPlaces!

Informe os dados abaixo para que possamos entender melhor o seu ramo de atuação e possibilidade de se tornar nosso parceiro.

Abrir whatsapp
Estamos online